16.10.10

morrer de amor



'Lóri estava perplexa ao notar que mesmo no amor tinha-se que ter bom senso e senso de medida. Por um instante, como se tivessem combinado, ele beijou sua mão, humanizando-se. Pois havia o perigo de, por assim dizer, morrer de amor. '
[Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres- Clarice Lispector].


3 comentários:

  1. Morrer de amor é morrer de ardor

    *

    ResponderExcluir
  2. Clarice, sempre Clarice!

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Morrer de amor?
    O que seria? Pode ser até uma
    gostosura.. penso eu!

    Flores!

    ResponderExcluir